cover
Tocando Agora:

Paulinho Moska sintetiza 30 anos de carreira solo na gravação do show 'Beleza e medo'

Programado para 26 de agosto, no Rio de Janeiro, o registro audiovisual terá direção de Batman Zavareze.

Paulinho Moska sintetiza 30 anos de carreira solo na gravação do show 'Beleza e medo'
Paulinho Moska sintetiza 30 anos de carreira solo na gravação do show 'Beleza e medo' (Foto: Reprodução)


♪ Paulinho Moska entrou em cena nos anos 1980 como integrante do grupo vocal Garganta Profunda, do qual saiu para fazer parte da banda Inimigos do Rei. Mas foi em 1993, um ano após deixar a banda, que o cantor, compositor e músico carioca lançou o primeiro álbum solo, Vontade.

Comemorando 30 anos de trajetória individual, Moska sintetiza as três décadas de carreira solo na gravação ao vivo do show Beleza e medo, cuja turnê decorre do lançamento do 13º e por ora último álbum solo do artista, disco também intitulado Beleza e medo (2018) e lançado há cinco anos.

Com direção de Batman Zavareze, o registro audiovisual do show Beleza e medo está programado para 26 de agosto em apresentação no Circo Voador, no Rio de Janeiro (RJ), cidade natal do artista.

Como os shows no Circo Voador costumam começar por volta de meia-noite, é provável que a gravação ao vivo seja feita efetivamente na madrugada do dia do 56º aniversário de Moska, 27 de agosto.

Em cena, sob direção musical de Rodrigo Suricato, o cantor dividirá o palco com banda formada pelos músicos Lancaster (baixo), Larissa Conforto (bateria), Miguel Bestard (guitarra) e Tibi (teclados).


Estão previstas no roteiro músicas como Pensando em você (Paulinho Moska, 2003), A idade do céu (La edad del cielo, Jorge Drexler, 1999, em versão em português de Paulinho Moska, 2003), A seta e o alvo (Paulinho Moska e Nilo Romero, 1997) e O último dia (Paulinho Moska e Billy Brandão, 1995), além das composições do álbum Beleza e medo.

♪ Eis os 13 álbuns que compõem a discografia solo iniciada há 30 anos por Paulinho Moska:

1. Vontade (1993)

2. Pensar é fazer música (1995)

3. Contrasenso (1997)

4. Através do espelho – Ao vivo no Rival (1997)

5. Móbile (1999)

6. Eu falso da minha vida o que eu quiser (2001)

7. Tudo novo de novo (2003)

8. + Novo de novo (2007)

9. Muito (2010) /

10. Pouco (2010)

11. Muito pouco para todos (2013)

12. Loucura total (2015) – com Fito Páez

13. Beleza e medo (2018)

FONTE: G1 (Por Mauro Ferreira)

Comentários (0)